[Resenha] Quando A Noite Cai | Carina Rissi

476 páginas || quando a noite cai || Carina Rissi  || Ano 2017 || Editora Verus 
Foto de Aurora K. ||  Resenha de Kika Oliveira 


O que você faz quando a noite cai? 

  • Apenas descansa?
  • Sonha de forma confusa com as coisas que passou ao longo do seu dia? 
  • Se apaixona por um guerreiro irlandês da era medieval que teima em aparecer em seus sonhos te deixando com a sensação de que tudo aquilo foi real?
Bom, eu certamente tenho um sonho ou outro, mas nunca tive a “sorte” que a Briana teve.

Quando a noite cai é mais uma das deliciosas histórias da belíssima e criativa Carina Rissi, ela mais uma vez nos trouxe um romance com um toque de fantasia, personagens encantadores e um pouco da cultura de outro país, o que pra mim é a combinação perfeita para uma história ganhar meu coração. Esse livro é um daqueles bem leves, gostosos de ler e que todo(a) leitor(a) de romances precisa ter na estante, para assim ter o prazer de ler quantas vezes quiser e sempre se apaixonar como se fosse a primeira vez.

" Tem dias que tudo da tão errado que a pessoa se pega pensando que não deveria ter saído da cama nem para ir ao banheiro, só para evitar que, sei lá, quando fosse acionar a descarga acidentalmente quebrasse alguma coisa e a casa se transformasse em uma enorme piscina. "

Briana é uma mocinha divertida, sem talento para drama (ou em outras palavras, nada mimizenta), mas com um azar inigualável. A garota se mete em cada situação que é difícil não rir e sentir pena dela ao mesmo tempo, eu sinceramente tive vontade de trancá-la no quarto e não deixá-la sair de casa nunca mais sem supervisão de uma equipe da SWAT para proteger quem chegasse perto dela. Tudo o que ela quer é um bom emprego onde consiga passar mais de uma semana trabalhando sem causar um desastre e assim ajudar financeiramente a família que tanto ama (que por sinal é bem divertida e fofa), mas é claro que essa é uma tarefa bem difícil para alguém de quem a sorte resolveu tirar férias.
" O que se deve dizer ao ficar cara a cara com seu amante imaginário, que na verdade não é seu amante imaginário, mas seu chefe?"
Mas nem tudo é puro azar na vida dela, pois é em um desses típicos desastres em que se mete, que a personificação de seus sonhos mais íntimos aparece para dar um fim nessa maré de azar em que ela vive. Gael O’Connor é o sonho de consumo da maioria das leitoras desse gênero literário, não consigo imaginar alguém não se apaixonando por ele, a não ser é claro que o leitor(a) não goste do tipo, alto, forte, culto, lindo, educado (porém, mal humorado), rico e com um sotaque maravilhoso. Depois que Briana o conhece, nada na vida de ambos será a mesma coisa e aqueles sonhos que ela tinha toda noite há tantos anos passam a ter um novo significado, Gael se torna basicamente seu amuleto da sorte e todo o amor que ela sente pelo guerreiro que ela sonha todas as noite é transferido para ele. Dali para frente são suspiros e surpresas que eu gostaria muito de contar, mas nada de spoiler aqui ;).
" Da mesma maneira que não era capaz de me manter em um emprego, de ter um encontro sem acabar no pronto socorro, também nunca fui boa em seguir conselhos. "
É bem gostoso de acompanhar a forma como o relacionamento deles se desenvolve, não tem daquele dramalhão que muitas autoras costumam colocar para dar mais ênfase na história, embora houvesse uma brecha para isso a autora escolheu sabiamente não escrever dessa forma. Embora o final seja clichê, a história é encantadora e vale muito a pena ler, pois não deixa de ser maravilhoso acompanhar o desenvolvimento dela. É preciso acrescentar que infelizmente a autora deixou de fechar uma ponta da história e isso me deixou com um ponto de interrogação considerável, afinal era uma resposta que o leitor certamente gostaria de ter, mas isso não diminuiu o valor da história e pra mim não mudou a forma como enxerguei o contexto geral. Mas mesmo com esse detalhe foi um dos melhores livros que li esse semestre e certamente entra naquela listinha básica de livros para recomendar.
" O mundo podia não conhecer sua história, mas eu conhecia. E jamais a esqueceria."
Se você é um dos fãs da Carina, já sabe que as chances de amar essa história são grandes. Se nunca leu nada dela, considero uma excelente escolha para primeira vez. Se já conhece o trabalho, mas não é um fã, por favor, dê mais essa chance, vale a pena, resumindo, todo leitor que gosta de uma boa história precisa ler.


Vou ficando por aqui na expectativa de que vocês leiam a história e se apaixonem tanto quanto eu me apaixonei.

Compre : Saraiva || Amazon


Capa e Sinopse 

Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos... e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar...

Comentários

  1. Ótima resenha! Livro lindo!!
    Não deixem de ler!
    É de sonhar acordada!

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ler este livro, principalmente pela estória intercalar presente e passado de forma tão realista, além da personagem ser tão cativante e bem construída, o que nos envolve ainda mais a leitura. A Carina a cada livro supera nossas expectativas, e mais uma vez no surpreendeu com está estória encantadora. Tenho altas expectativas em relação a esta leitura.


    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário